11 a 14 de Outubro de 2017

Desde a sua fundação, em 1984, a Sociedade Portuguesa de Ciências Florestais tem vindo a desenvolver diversas actividades no sentido de fomentar o estudo e progresso da ciência e da técnica florestal entre as quais se destaca a organização dos Congressos Florestais Nacionais.

Os sete Congressos Florestais Nacionais anteriores realizaram-se em diversas localidades e debruçaram-se sobre temas centrais variados, como “Floresta, Desafio de Longo Prazo” (Lisboa 1986), “Floresta e Mudança” (Porto 1990), “Os Recursos Florestais no Desenvolvimento Rural” (Coimbra 1994), “A Floresta na Sociedade do Futuro” (Évora 2001), “A Floresta e as Gentes” (Viseu 2005), “A Floresta num Mundo Globalizado” (Ponta Delgada 2009) e “Floresta, Conhecimento e Inovação” (Vila Real e Bragança 2013).

O próximo (oitavo) Congresso Florestal Nacional ocorrerá em 2017 e propõe-se abordar um tema ainda não desenvolvido em anteriores Congressos, em linha com o objectivo estatutário de promover o intercâmbio internacional. Assim, para além das sempre importantes trocas técnicas e científicas a nível nacional, o Congresso tentará promover o intercâmbio entre entidades e especialidades do mundo lusófono, de modo a que estas possam partilhar experiências, resultados, técnicas e desenvolvimentos científicos na área florestal e que utilizem estas raízes comuns como base para os desenvolvimentos futuros.

Assim, o Tema Central é: “Floresta em Português: Raízes do Futuro”

Dentro deste Tema Central serão realizadas Conferências sobre diversos aspectos de interesse geral como Florestas e Conservação da Natureza, Madeiras na Lusofonia, Biodiversidade, Políticas e Mercados Internacionais, Estatísticas Florestais, Gestão Florestal Comunitária. Para além destas Conferências serão realizadas Sessões Temáticas sobre outros aspectos técnico-científicos mais particulares que serão oportunamente definidos.

 

DATA

De 11 a 14 de Outubro de 2017

 

LOCAL

Viana do Castelo

 

ORGANIZAÇÃO

A organização do Congresso está a cargo de uma Comissão constituída por elementos da Sociedade Portuguesa de Ciências Florestais, do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, onde decorrerão as conferências e sessões temáticas, e das Associações Florestais do Lima e do Vale do Minho.

A organização por parte de entidades de pendor diferenciado contribuirá para um equilíbrio entre os vectores técnico e científicos do Congresso. A iniciativa conta já com o apoio dos Municípios de Viana do Castelo e de Ponte de Lima.

         

 

PROGRAMA

Pretende-se neste Congresso criar um modelo que evite sequências prolongadas de apresentações e preveja tempos de discussão e encontro nas sessões temáticas que permitam potenciar as interacções entre participantes. Está já elaborado um programa provisório do Congresso:

 

Mais detalhes [aqui]

 

COOPERAÇÃO IBÉRICA

Realizar-se-ão em 2017 os Congressos Florestais Nacionais em Portugal (8º) e em Espanha (7º). Para potenciar as sinergias entre as duas iniciativas a Sociedade Portuguesa de Ciências Florestais (SPCF) e a Sociedade Espanhola de Ciências Florestais (SECF) assinaram um protocolo de colaboração que acorda nas datas dos dois eventos a realização de mesas redondas ou sessões temáticas sobre temas transfronteiriços e visitas temáticas transfronteiriças em ambos os Congressos.

Este protocolo de colaboração prevê ainda descontos no valor da inscrição para os sócios da SPCF no 7º Congresso Florestal Espanhol nas mesmas condições dos sócios da SECF e reciprocidade para os membros da SECF que desejem participar no 8º Congresso Florestal Nacional português.