Sem dúvida que 2017 será um grande ano para a silvicultura na Península Ibérica com a realização dos Congressos Florestais em Portugal (VIII) e em Espanha (VII).

Neste sentido e para incentivar a criação de redes em torno da investigação e da divulgação do trabalho nesta área, a Sociedade Portuguesa de Ciências Florestais (SPCF) e a Sociedade Espanhola de Ciências Florestais (SECF) assinaram um protocolo de colaboração no âmbito do “VIII Congresso Florestal Nacional” português (que se irá realizar em Viana do Castelo em 2017) e do “VII Congresso Florestal Espanhol” (que se irá realizar em Plasencia, no mesmo ano).

    

Este protocolo de colaboração foi assinado pelos respectivos presidentes da SPCF, Francisco Castro Rego, e da SECF, Felipe Bravo, com a participação de membros dos respectivos Comités Científicos da organização do Congresso Florestal em cada país. Foi também acordada a realização, nos Congressos Florestais, de uma mesa redonda sobre temas transfronteiriços de interesse para ambas as sociedades, com a participação de oradores espanhóis e portugueses.

Este protocolo de colaboração prevê ainda descontos no valor da inscrição para os sócios da SPCF no “VII Congresso Florestal Espanhol” nas mesmas condições dos sócios da SECF e o mesma se aplica aos membros da SECF que desejem participar no “VIII Congresso Florestal Nacional” português. Está também prevista a organização de uma visita de campo em cada congresso organizada por cada uma das Sociedades.

A SPCF e a SECF têm vindo a trabalhar em conjunto e deseja-se que a assinatura deste protocolo de colaboração estabeleça as bases para uma sólida e produtiva cooperação para o sector florestal da Península Ibérica.